Rondônia, domingo, 24 de setembro de 2017
 
 

PIRARUCU ESTÁ FICANDO ESCASSO NO LAGO DO CUNIÃ; PEIXE É FONTE DE SUBSITÊNCIA NA REGIÃO | Imagemnews.com.br Agência Imagemnews - Jornal Eletrônico, Notícias de Rondônia e Região PIRARUCU ESTÁ FICANDO ESCASSO NO LAGO DO CUNIÃ; PEIXE É FONTE DE SUBSITÊNCIA NA REGIÃO
25/7/2014 - 18:06 - ( Meio-Ambiente )

O pirarucu, principal fonte de subsistência da população local, está ficando escasso no Lago do Cuniã, região do Baixo Madeira, em Porto Velho. Preocupados com a diminuição do peixe, por iniciativa própria, os moradores pararam a pesca, por um período de quatro anos, mas a escassez de peixe continuou.

Nesta quinta-feira (24), representantes da comunidade se reuniram com o prefeito Mauro Nazif e com o secretário municipal de meio ambiente, Edjales Benício de Brito para conhecer o projeto Resgate do Pirarucu, que será financiado por meio da Sema e visa pesquisar a causa do desaparecimento do peixe na região da Resex Lago do Cuniã.


 Foto: Eliênio Nascimento/Ag. Imagem News

Segundo a prefeitura, em 2013, a associação dos moradores agroextrativistas do Lago Cuniã, percebendo a redução da espécie de pescado na região, optaram por iniciativa própria assinar um acordo com o Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio) vetando a captura do peixe por um período de quatro anos. Contudo, a causa da diminuição não foi identificada, sendo necessário realizar um estudo para monitoramento do pirarucu.  

Ao todo serão aplicados R$240 mil reais para este trabalho. “Eles nos apresentaram a proposta e através do Conselho Municipal de Meio Ambiente foi aprovado o financiamento para investimento em pesquisa e manejo durante dois anos”, justificou Edjales. 

A partir do projeto, elaborado pelo Núcleo de Apoio a População Ribeirinha da Amazônia (Napra), será possível desenvolver uma base para o manejo sustentável, educando ambientalmente a comunidade de aproximadamente 400 pessoas, explicou o engenheiro florestal, Leonardo de Moura. “Identificada a causa, teremos condições de evitar os prejuízos ambientais novamente”, completou.

Presente ao lado dos representantes da Secretaria Estadual do Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Samuel Oliveira e do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Condema), Ivaneide Bandeira Cardozo e do Presidente da Asmocun, Tito Gonçalves Neves, o prefeito reconheceu como positiva a iniciativa da população. “Foram eles que se apresentaram em busca de viabilizar o resgate do pirarucu, o que mostra que há uma interação muito grande entre o poder executivo municipal e a comunidade” destacou Mauro.
    
Na oportunidade foi garantindo ainda outro repasse em prol dos moradores da região. Através de um recurso de compensação ambiental, no valor de R$150 mil, a Sema pretende ainda incentivar o ecoturismo. “Pela primeira vez uma gestão apoia projetos de desenvolvimento sustentável no Cuniã”, enfatizou o secretário, com a confirmação de quem vive no local há anos. “Temos uma biodiversidade enorme, existe um potencial para o setor, faltava apenas o incentivo”, garantiu Tito Gonçalves.

Fonte : Imagem News com Assessoria    Autor : Imagem News com Assessoria

 
 
Nome :
E-mail :
Comentários :

 

Digite o código ao lado :
Code Image - Please contact webmaster if you have problems seeing this image code Mostrar outro código

 

 
Existem ( 0 ) Comentário(s)

 
 
Nome :

E-mail* :

Cadastrar Remover


Nosso Telefone : (69) 3229-0355 / (69) 8402-4833 E-mail : atendimento@imagemnews.com
Endereço: R. Joaquim Nabuco, 2507 sala 16 Bairro: centro Cidade : Porto Velho - Rondônia