Home Noticias Santos suspende aulas presenciais em escola após surto de sarna

Santos suspende aulas presenciais em escola após surto de sarna

6
0
Santos suspende aulas presenciais em escola após surto de sarna
Santos suspende aulas presenciais em escola após surto de sarna

São Paulo — A Prefeitura de Santos, litoral sul de São Paulo, suspendeu até o próximo dia 10 de julho as aulas presenciais na escola Emília Maria Reis, no bairro Campo Grande, devido a um surto de sarna entre os estudantes. A Unidade Municipal de Ensino (UME) registrou mais de 13 diagnósticos.

De acordo com a gestão municipal, diante dos primeiros casos, os fluxos de limpeza e conservação da escola estavam “sendo rigidamente seguidos” pela direção da unidade. Mas, na última sexta-feira (28/6), uma vistoria identificou novos infectados, que foram encaminhados para policlínicas.

A Secretaria de Saúde afirma que a decisão pela suspensão das aulas na UME Emília Maria Reis se deve exclusivamente à prevenção de novos casos. Durante a suspensão das aulas presenciais, será feita uma nova limpeza.

“O fechamento, que não é previsto em protocolo, tornou-se opção para proteger todos os alunos e funcionários. Durante este período, a escola passará por uma nova limpeza terminal”, afirma a pasta.

Enquanto isso, os pais dos alunos receberão materiais para que todos possam dar continuidade aos estudos de forma remota. Após o período de suspensão, tem início o recesso escolar.

Filhos de Vavá

Os dois filhos do cantor Wagner Duarte, conhecido como Vavá, estão entre os infectados no colégio. O primeiro a ser contaminado foi o filho caçula Davi, 9. Três dias depois, Lara, 10, foi diagnosticada.

De acordo com o cantor, o menino chegou da escola com manchas pelo corpo e foi levado pelos pais ao hospital, onde recebeu o diagnóstico de sarna. Três dias depois, na sexta-feira (21/6), a menina também foi diagnosticada.

“Ela [sarna] é contagiosa e eles pegaram dentro da escola […]. A nossa sorte é que a deles não foi tão forte, como a de outros alunos de dentro da escola”, explicou Vavá.

A sarna humana é causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei e ocorre apenas em humanos, seja pelo contato direto com pessoas infectadas ou roupas e objetos contaminados.

A fêmea do ácaro, depois que o macho morre, penetra na pele humana e cava uma espécie de túnel. Nesta abertura, ela permanece por cerca de um mês. Lá, deposita os ovos, e as larvas se liberam, retornando à superfície.

O principal sintoma é a coceira. Ela se manifesta principalmente à noite. Também são sintomas erupções na pele, inchaços, escoriações e “crostas” nas dobras.

Fonte: Oficial