Home Noticias Marçal acusa PF de “fake news” no caso das joias e defende...

Marçal acusa PF de “fake news” no caso das joias e defende Bolsonaro

2
0
Marçal acusa PF de “fake news” no caso das joias e defende Bolsonaro

São Paulo – O influenciador Pablo Marçal (PRTB), pré-candidato à Prefeitura da capital, acusou a Polícia Federal (PF) de “fake news” após ter divulgado que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) desviou R$ 25,2 milhões com a venda ilícita de joias – após uma revisão, a PF retificou o valor para R$ 6,8 milhões.

“Vocês [da imprensa] têm que divulgar que a Polícia Federal divulga fake news. Não é que ela errou”, afirmou Marçal em sabatina realizada por UOL/Folha na tarde desta quarta-feira (10/7).

Marçal afirmou que o valor foi divulgado “para criar uma impressão errada” e que a mídia teria relevado o ocorrido. “É para criar uma impressão errada, foi uma fake news e depois vocês [da imprensa] passam esse paninho”, disse.

O influenciador ouviu que a PF não produz notícias, mas sim investigações, e respondeu que “qualquer pessoa que dê declarações está dando noticias”. Ele também saiu em defesa de Bolsonaro e disse que o ex-presidente é um homem “simples”.

“Vocês querem massacrar a imagem dele como se ele estivesse devendo alguma coisa. Se ele não pode ficar com os presentes, eu duvido que ele vai ficar. É só ele devolver”, afirmou.

Marçal também se disse descrente com o trabalho da PF e criticou a busca e apreensão que ocorreu em sua casa no ano passado, em operação que mirava supostos crimes eleitorais.

Fonte: Oficial